Dengue e vacinas

5 abr

Olá!

Este é um post bem curtinho, mas não poderia deixar de registrar uma série de coincidências que fizeram com que eu TIVESSE de falar com vocês, mesmo com o braço quebrado!

Tenho andado preocupada com as notícias sobre a dengue e, principalmente, sobre os casos de dengue tipo 4 depois de tantos anos sem ela aparecer no Brasil! Até respondi o comentário da minha amiga Tania falando sobre essa minha preocupação, e pedindo pra ela falar com o marido dela, que é virologista, pra ver se ele podia me ajudar com as minhas dúvidas… Mas, como sou curiosa e ansiosa demais, não aguentei e fui procurar… E achei um site fantástico, produzido pela Fundação Oswaldo Cruz, onde fica o Farmanguinhos, sobre o qual o meu grande amigo PA falou em um outro comentário!!!

Então, pra começar, aí vai o link do site sobre a dengue, que tem informações sobre o mosquito, o vírus, vídeos fantásticos e até um material preparado especialmente preparado para os professores falarem sobre a dengue com os seus alunos! O endereço é:

www.ioc.fiocruz.br/dengue

Bom, não deixem de entrar, é massa demais!

Mas o que é que tudo isso tem a ver com o Farmanguinhos do meu amigo PA? É que aí descobri que a Fiocruz tem vários institutos de pesquisa, ensino, e também para produção de remédios, vacinas etc., e o Farmanguinhos é um deles. Um outro é o Instituto Oswaldo Cruz, criado… pelo meu amigo Oswaldo Cruz (ops, tô me achando, mas é que com as minhas viagens eu fico achando que todo mundo é meu amigo!). É isso mesmo, ele foi um dos criadores do Instituto Soroterápico Municipal do Rio de Janeiro, em 1900 (acho que o vovô era nascido… rs), para produzir a vacina contra a peste bubônica, e foi daí que surgiu tudo que existe lá hoje!

Então visitem o site da Fiocruz também, dá para saber muito mais sobre essa história toda lá, e mais um monte de coisa legal e importante.

Mas, infelizmente, apesar do título do post, dengue e vacina ainda não andam juntas. Mas achei um monte de notícias de testes com propostas de vacinas, um aqui no Brasil mesmo, no Ceará, e outra em um instituto francês, que tem previsão de ficar mais fácil de achar em 2013… Por enquanto a gente fica por aqui torcendo e, é claro, cuidando pra não deixar o mosquito se reproduzir, ne?

Beijinhos e até amanhã! Ah, brigadão pra Tania e pro PA, que me deram a ideia desse post e sempre aparecem aqui no blog!

Anúncios

2 Respostas to “Dengue e vacinas”

  1. Tania abril 6, 2011 às 11:57 am #

    Oi, Laurinha. Está melhor? Conversei com meu marido (que acabou pensando que vc estava com dengue) e copio abaixo a resposta que ele deu à sua pergunta sobre a dengue:

    A Laura está com dengue ? É a 1a vez ? Ela sabe se é do tipo 4 ?
    Bom, de qualquer forma, existem 4 tipos de virus dengue (1-4). Todos provocam doença indistinguível uma da outra. Não há um tipo que seja mais ou menos grave. Todo esse barulho sobre o dengue 4 é por que ele andava meio sumido do Brasil e agora voltou. Nada de mais; esse é o comportamento desses virus mesmo.
    A questão está no no. de vezes que a pessoa teve dengue : quanto mais vezes a pessoa teve dengue, aumenta o risco de ter a forma hemorrágica, que é mais grave. Não tem nenhuma relevância se a pessoa teve o tipo 1 e agora tem o 4 ou vice-versa; a ordem dos fatores não altera o produto…
    Ainda assim, a forma hemorrágica (mesmo na 2a ou 3a vez que a pessoa teve dengue) ainda é bastante incomum.
    Bom, se ela tiver outras dúvidas, avise-me.

    Celso Granato
    Infectologista-UNIFESP

Trackbacks/Pingbacks

  1. Doutor Noguchi « viagensdalaura - abril 3, 2012

    […] Dengue e Vacinas […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: