Voando, voando…

21 abr

Oi gente, td bem? Sentiram minha falta ontem?rsrsrs

Bom, eu estava um pouco cansada do computador e, além disso, estava voando e voando com a minha imaginação. Fiquei pirando no vôo dos passarinhos lá na praça e quando percebi já estava voando como eles….hehehe. Bom, ai fiquei interessada nesse negócio e descobri que esse desejo de voar que a gente tem é muito, mais muito antigo. Até na mitologia grega tem um tal de Ícaro que voou brevemente com suas asas de cera, só que elas foram derretendo com a força do sol e ele se espatifou!

Depois disso, teve um cara genial que todos vocês com certeza conhecem: Leonardo Da Vinci, aquele que pintou a Monalisa. Só que ele não era só pintor e escultor não! Era um baita de um gênio, pesquisava várias coisas, era engenheiro, anatomista e sabe -se lá mais o que….rs. Olha só a cara do figura:

O Leonardo vivia pirando com esse negócio de voar e até fez alguns projetos malucos de umas máquinas voadoras, uma delas, inclusive, tinha um projeto bem interessante de algo parecido com o que hoje conhecemos por Helicópteros. Alguns pesquisadores até acreditam que a geringonça até  poderia voar com algumas adaptações. Olha só o esboço que o Leonardo fez:

Mas ainda não foi o Da vinci que conseguiu alcançar os Céus. Quem conseguiu essa proeza foram alguns doidos que fabricaram balões gigantes. Os balões, como vocês sabem bem, sobem pois o ar quente utilizado neles é menos denso que o ar que está fora. O patrono dos balões inclusive é um padre nascido no Brasil, o Bartolomeu de Gusmão  . Foi ele quem projetou o primeiro balão que funcionou realmente.

Bom,  depois de dominados os balões, todos queriam tentar alçar vôos com objetos mais “pesados” que o ar. Muita gente se esborrachou tentando. Espia só:

Imagina só, que loucura! Foi aí que chegou outro brasileiro na parada, o Alberto Santos Dumont, ou Albertinho como era chamado na fazenda do pai dele. Olha ele aí:

Nem preciso falar muito sobre ele né? Era outra fera nas ciências e nas invenções e, olha só, era uma baita de um fã do Júlio Verne como eu. Um belo dia ele botou na cabeça que iria voar e começou a projetar suas engenhocas. Mudou-se para Paris e lá começou a colocar em prática seus projetos. Primeiro construiu balões dirigíveis sensacionais e depois disso começou a testar seus “Aviões” até chegar ao projeto do 14 Bis. Foi com ele  que o Albertinho conseguiu alçar vôo. Olha só esse  vídeo, tem algumas imagens raras do vôo, é emocionante:

Depois do 14Bis ele ainda projetou o Demoiselle que era um baita de um avião e até hoje tem várias réplicas que voam. Mas o Albertinho ficou injuriado quando começaram a fabricar aviões para serem utilizados na guerra. Dizem até que esse foi o maior desgosto da sua vida. Em 1932, no dia de sua morte, todos os combates aéreos que estavam ocorrendo na revolução constitucionalista foram cancelados em respeito à sua memória.

Olha só, achei dois sites legais sobre ele:

Santos Dumont

Alberto Santos Dumont

Mas voltando a falar de aviões, eu fiquei encanada querendo saber por que é que eles voam afinal? Então achei um texto bem massa que explica tudo direitinho. Embora seja muita mais complicado do que eu achava…..rsrsrs. Dá só uma lida:

Como os aviões voam?

Legal né gente? São várias forças envolvidas. Acho que até o Newton iria pirar com isso….rsrsrs. Bom, agora pra terminar eu vou colocar um vídeo que fala do Ícaro, do sonho de voar e, além disso, é da banda preferida do Marquinho :)))

Gente, por hj é só. Obrigada pelos comentários que vcs estão fazendo no blog viu. Bjks 😉

Anúncios

4 Respostas to “Voando, voando…”

  1. Larissa outubro 19, 2011 às 2:43 pm #

    Laura, muito legal seu blog!! 😀 vc escreve super bem, adoro suas aventuras, minha favorita é do Isac 🙂
    bjs S2…

    • Laura outubro 20, 2011 às 10:33 pm #

      Oi Larissa, obrigada pelo elogio!
      Fico super feliz que vc tenha gostado.
      E vc, tb gosta de escrever?
      Bjks,
      Lau

Trackbacks/Pingbacks

  1. O futuro « viagensdalaura - maio 5, 2011

    […] Verne e fazendo perguntas como o Kepler que consegui viajar no tempo, como se eu voasse como o Santos Dumont ou quisesse descobrir como os protozoários se comportam dentro do corpo como o Carlos […]

  2. Voando – Parte II (em quadrinhos) « viagensdalaura - novembro 24, 2011

    […] Voando, voando […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: