Tag Archives: biologia

Ciência Explica – “Como surge o bolor no pão?”

7 dez

ZIKA WARS – A Ameaça do Mosquito

22 mar

Vamos ajudar no combate ao Aedes, pessoal :)

7 mar

Uma receita incrível

26 fev

Vamos acabar com o Aedes!!! Mobilize sua escola :)

22 fev

Seja um voluntário no combate ao Aedes aegypti #ZIKAZERO

10 fev

Ressonância Magnética

26 nov

Oi gente, tudo bem?

Olha só que legal uma espiga de milho e uma banana em um aparelho de ressonância magnética.

 

Tem mais um monte de outras imagens bem interessantes aqui ó:

http://www.huffingtonpost.ca/2014/04/16/mri-images-fruit_n_5160944.html?utm_hp_ref=science&ir=Science

Dá uma olhada, são imagens bem legais 🙂

BJKAS

LAU

Venenoso ou peçonhento?

5 mar

 Oi gente! Tudo bem com vocês?

Faz muito tempo que não nos falamos, não é verdade? Pois bem! Nesse meio tempo, aproveitei bastante as férias e visitei vários parques diferentes, afinal, como vocês sabem, adoro bichinhos!  🙂

E estive pensando… é preciso ter cuidado com alguns deles, como por exemplo, cobras, aranhas, escorpiões e até, vejam só, sapos!!!! Isso porque esses animais podem ser venenosos ou peçonhentos.

Mas qual será a diferença entre eles?? Bem, fui pesquisar um pouco e descobri que  os peçonhentos são aqueles que possuem glândulas de veneno que se comunicam com dentes, ferrões ou aguilhões, por onde o venenopassa ativamente, ou seja, possuem um mecanismo que os permite injetar sua peçonha no organismo de outro animal. Exemplos bem comum são algumas cobras.

Já os venenosos são aqueles que têm toxinas que fazem mal mas não têm nenhum aparelho que injete esse veneno. Por isso, dependem do contato  para a liberação da toxina, como no caso de alguns sapinhos.

Olhem só este que encontrei:

Phyllobates terribilis

 

Esta rã, tão lindinha, chamada Phyllobates terribilis, é uma das mais venenosas do mundo e também vive na Amazônia. Para se ter uma idéia do veneno, galinhas e cães que entraram em contato com um papel toalha onde a rã andou, morreram. O veneno dela provém de insetos venenosos que fazem parte de sua dieta. Isso explica porque ao longo do tempo em cativeiro, o P. terribilis perde lentamente seu veneno. Para se ter uma idéia do poder letal do veneno, dois décimos de micrograma desta toxina pode matar um humano em poucos minutos. Cada rã adulta contém 200 microgramas em sua pele.

Os índigenas pegam estas rãs com muito medo e passam as pontas das flexas nas costas delas. Depois de esfregadas, as flexas ficam letais por mais de dois anos. Assim eles podem caçar macacos e outros animais com mais facilidade.  Que coisa, não?

Mas nem sempre os venenos dos animais são tão ruins assim. Existe, por exemplo, um remédio para problemas de hipertensão desenvolvido a partir do veneno de uma jararaca. Então os venenos podem sim, ser uma substância do bem pra gente.

E lembrando que os animais não são maus por conta disso, apenas têm nesses venenos sua forma de defesa. 😉

E olhem só que legal esse video com uma animação sobre o tema. Está legendado em português e vale a pena assistir 😀

Bom, é isso, pessoal! 

BJKS

LAU

Carl Von Linné ordenando a natureza

23 maio

Linnaeus Warhol_4 square_resized

 

Oi gente, td bem? Vocês já se perguntaram por que a ciência classifica os seres vivos?

Bem, ao classificar e agrupar esses organismos podemos dar um pouco de ordem ao mundo aparentemente caótico da natureza. Mas além de classificar, é preciso organizar um sistema que permita hierarquizar todos estes grupos e foi exatamente o que fez Carl Linnaeus, ao criar o sistema de nomeação que utilizamos até hoje. Este sistema é conhecido como o sistema binomial , em que para cada uma das espécies. é dado um nome do gênero seguido de um nome específico (espécie), , com os dois nomes sendo em latim. Por exemplo, nós, os Homo sapiens . Homo é o gênero que inclui os humanos modernos e espécies estreitamente relacionadas , como o Homo neanderthalensis ( neandertais ) .

Linnaeus nomeou mais de 12.000 espécies de plantas e animais , embora algumas tenham sido renomeadas, porque sabemos mais sobre eles agora. Linnaeus publicou muitos livros usando o seu novo sistema de classificação e os seus dois livros mais famosos , Species plantarum (1 ª edição de 1753 ) e Systema naturae ( 10 ª edição , 1758), ainda são usados por cientistas como base para nomeclatura científica até hoje.

Systema_Naturae_cover

 

Buscando mais informações achei esse vídeo bem bacana da Khan Academy. Ele explica direitinho como esse sistema funciona.

Aqui seguem dois links bem bacanas com mais informações sobre o Linneus:

The Linnean Society of London

Coimbra Herbarium

Bom, por hj é só gente. Espero os comentários!

BJOKS

LAU

 

 

Mulheres Cientistas

8 mar

Oi gente, td bem?

Hoje é o o Dia Internacional da Mulher e eu não poderia deixar uma data tão importante passar batida!!! Por isso,  resolvi retomar um tema que eu A-D-O-R-O: As mulheres na ciência 🙂

Para isso vou falar um pouquinho de uma cientista da qual sou uma super fã a Dra. Jane Goodall, essa da foto aí de baixo:

jane

Ela é etóloga, primatóloga e antropóloga e dedicou grande parte de sua carreira pesquisando o comportamento dos chimpanzés.  Durante o tempo que passava nas florestas em contato direto com esses animais, ela provou que os chimpanzés compartilham muito mais coisas com os seres humanos do que simplesmente uma grande parte do material genético.

Mas tem muito mais coisas interessantes na carreira dessa super cientista! Além de manter suas pesquisas — que renderam diversos prêmios científicos — ela também tornou-se uma super ativista  da conservação do meio ambiente e dos direitos humanos. Devido a isso ela ganhou   o título de Mensageira da Paz da ONU. Atualmente ela dedica-se ao seu instituto  e roda por todo o mundo participando de conferências e discutindo novas possibilidades para um mundo melhor 🙂

Bom, achei uma entrevista bem bacana dela. Dá só uma olhada:

Para conhecer mais sobre o Instituto e sobre o trabalho dela é só entrar no link abaixo:

the Jane Goodall Institute

Ahh!!!! Aproveitando essa data tão especial, aproveite para dar uma relembrada no post sobre outra suuuuuper cientista:

Madame Curie

Espero que tenham gostado! Tô ansiosa para ver os comentários 🙂

BJOKS

LAU