Tag Archives: DNA

DNA também erra!

10 abr

Ontem eu tava estudando Biologia e descobri uma coisa super legal! Sabia que durante a replicação do DNA existe mecanismos de reparo que evitam erros em uma frequência muito alta?

Claro que tipo, é importante ocorrer mutações pra evolução e tal, mas o DNA não pode errar muito e por isso ele mesmo evita isso fazendo com que os erros ocorram numa frequência baixa! Não é sensacional? Eu achei demais! Duas coisas que evitam que os erros aumentem:

  • O DNA é sintetizado sempre na direção 5′ —-> 3′ (ESSE É O SENTIDO DA VIDA HAHAHA!)

Bom, é meio complicado esse negócio de sentido, né? Mas, acho que  essa figura aí de baixo ajuda a gente a entender:)

  • As DNA polimerases (são enzimas) sempre necessitam de um primer* pra sintetizar a fita do novo DNA

*primer é tipo um pedacinho que dá um “empurrãozinho” que o DNA precisa pra começar

Parece complicado? Ah, é um pouquinho XD mas é muito legal saber que as coisas funcionam tão bem dentro da gente!

Olha um videozinho de um professor explicando a replicação:

Bjinhos!

LAU

 P. S. : Vota em mim no The BOBs? Você pode votar diariamente! http://thebobs.com/english/category/2012/best-blog-portuguese-2012/

Anúncios

O código

4 abr

Oi gente! Td bem com vcs?

Bom, toda essa minha piração com esse negócio de genética — causada pela flores que o Marquinho me deu, pelas explicações do Miguel e pelo meu papo com o Mendel — me deixou com vontade de compreender mais sobre isso. Bom, pesquisei bastante e vou contar um pouco do que eu descobri por aqui 🙂

Como eu tinha dito antes, quem desvendou a lógica da hereditariedade, ou seja, da transferência dos características dos indivíduos para seus descendentes foi o Mendel . Mas ainda faltava uma coisinha a ser resolvida: O que era responsável por carregar essas informações e como essa transferência  funciona exatamente? Quem respondeu essa pergunta foram os cientistas James Watson e Francis Crick, eles até ganharam um prêmio Nobel por essa descoberta!

Ah, você deve estar perguntando: Mas afinal, o que é que eles descobriram? Bem, com certeza vocês já ouviram falar sobre o DNA, e o que eles fizeram foi justamente desvendar a estrutura dessa molécula responsável por carregar a informação genética dos seres vivos.

É a famosa “dupla hélice” que o Miguel vive falando na aula, até achei uma figura massa pra colocar aqui:

Bom gente, o DNA é que carrega toda a nossa carga genética e  os nossos genes estão contidos nessas moléculas. Mas vc vai perguntar agora: e o que são os genes? Bem, descobri que existem várias formas de definí-los, mas a mais fácil da gente compreender é pensar em cada  gene como um trecho bem específico do DNA. É exatamente por isso que é tão difícil descobrir exatamente quais genes são responsáveis pela expressão de uma característica X ou Y e onde eles estão localizados na molécula do DNA.

Os humanos, por exemplo, possuem moléculas com vários milhões de pares de bases, se cada gene é um trechinho que compreende alguns pares dessas bases, imagine só quantos genes existem nessas cadeias. Mas conversando com o Miguel, ele disse que devagar esses genes vão sendo descobertos, mas é um processo demorado onde primeiro a gente acha grandes regiões onde um gene pode estar e depois vai reduzindo cada vez mais essa região.

Outra coisa que eu descobri foram os processos responsáveis pelo funcionamento de todo esse sistema complexo. Para  tudo isso funcionar existem três etapas básicas: a replicação, a transcrição e a tradução. Nessas duas últimas, entra em cena outro personagem importante, o RNA.

Gente, embora nesses processos estejam envolvidas várias estruturas, enzimas e tal, é bem fácil compreender. Achei aqui um link que explica tudo direitinho:

Duplicação do DNA, Transcrição e Tradução

E para facilitar ainda mais, achei umas animações bem maneiras sobre cada uma das etapas. Embora elas estejam em inglês, é só assistir dando uma conferida no texto do link anterior que fica mais tranquilo de entender. Então lá vai:

Replicação:

Transcrição:



Tradução:

Esse último vídeo é muito massa né? Mostra direitinho as proteínas sendo montadas com base nas informações que lá atrás, no começo do processo todo, estavam no nosso DNA.

Ufa, parece meio complicado né? Mas não é não….rs. O mais legal é pensar em como essas coisas foram sendo descobertas ao longo do tempo e em como ainda tem muito a ser pesquisado. Mas como diz a minha tia, a ciência é assim, vai sendo construída tijolinho por tijolinho, ou proteína por proteína como no processo de tradução…..rsrsrs.

Bom, espero que vcs gostem do post. espero os comentários. Bjkas :)))