Tag Archives: Lavoisier

Para ouvir :)

9 mar

Oi gente, td bem?

Eu percebi que recebo milhares de visitas no blog, mas pouca gente tem entrado para ouvir minhas aventura :(.

Bom, como eu adoro essas coisas de ciência, tenho uma hipótese que quero testar….hehehe. Acho que isso está acontecendo pois os links estão meio escondidinhos no blog, na aba “Escute aqui minhas aventuras”. Para testar a minha hipótese, vou postar todos eles aqui nesse post. Se o número de plays aumentar minha hipótese está certa! Eba…

Mai se isso não acontecer, é sinal de que minha hipótese está furada….hahaha e, pior, que vcs não gostam de mim 😦

Me ajudem a testar minha primeira hipótese!!!!!

Bjks,

Lau.

Episódios:

Episodio 1 – O Viajante do Tempo 16/03/2011

Episodio 2 – O Viajante do Tempo 17/03/2011

Episodio 3 – Cuidado com a maçã! Isaac Newton 18/03/2011

Episódio 4 – Cuidado com a maça! Isaac Newton 21/03/2011

Episódio 5 – Júlio Verne 22/03/2011

Episódio 6 – Júlio Verne 23/03/2011

Episódio 7 – Júlio Verne24/03/2011

Episódio 8 – Clarice Lispector 25/03/2011

Episódio 9 – Clarice Lispector 28/03/2011

Episódio 10 – Oswaldo Cruz 29/03/2011

Episódio 11 – Oswaldo Cruz 30/03/2011

Episódio 12 – Oswaldo Cruz 31/03/2011

Episódio 13 – Gregor Mendel 01/04/2011

Episódio 14 – Gregor Mendel 04/04/2011

Episódio 15 – Marie Curie 05/04/2011

Episódio 16 – Marie Curie 06/04/2011

Episódio 17 – Marie Curie 07/04/2011

Episódio 18 – Paradoxo de Zenão 08/04/2011

Episódio 19 – Paradoxo de Zenão 11/04/2011

Episódio 20 – Paradoxo de Zenão 12/04/2011

Episódio 21 – Darwin 13/04/2011

Episódio 22 – Darwin 14/04/2011

Episódio 23 – Darwin 15/04/2011

Episódio 24 – Lavoisier 18/04/2011

Episódio 25 – Lavoisier 19/04/2011

Episódio 26 – Santos Dumont 20/04/2011

Episódio 27 – Santos Dumont 21/04/2011

Episódio 28 – César Lattes 22/04/2011

Episódio 29 – César Lattes 25/04/2011

Episódio 30 – César Lattes 26/04/2011

Episódio 31 – Kepler 27/04/2011

Episódio 32 – Kepler 28/04/2011

Episódio 33 – Kepler 29/04/2011

Episódio 34 – Einstein 02/05/2011

Episódio 35 – Einstein 03/05/2011

Episódio 36 – Einstein 04/05/2011

Episódio 37 – Einstein 05/05/2011

O futuro

5 maio

Oi pessoal, td bem? Nossa, tem um monte de novidades pra contar, mas vamos por partes tá?rsrsrs.

Bom, finalmente entendi como é que seria possível, teoricamente, viajar para o passado. Descobri que embora o Einstein não tivesse previsto isso em suas teorias, são elas que fornecem a base para essa possibilidade. Vou explicar melhor, mas antes vamos para reviao….hahaha. Recapitulando um pouco do que eu disse ontem, o tempo pode ser considerado  uma dimensão como qualquer outra dimensão espacial. Uma quarta dimensão. À partir disso, começamos a compreender o conceito de espaço-tempo.

Também descobrimos, quer dizer o Einstein descobriu….rs, que um corpo com uma massa muito grande causa uma deformação no tempo-espaço. Daí que surge a força da gravidade. Fiquei encucada com essa história de deformação, então fiquei imaginando como seria. è como se a gente esticar um pedaço de pano e colocar uma maçã sobre ele! A maçã vai formar uma espécie de depressão sobre o pano. Mais ou menos assim ó:

Podemos ver que é uma deformação no espaço. Aí fica simples de entender, pois se a gente considera o tempo também como uma dimensão do espaço, essa deformação tb se aplica ao tempo 🙂

Isso foi até confirmado experimentalmente. É assim, quando a luz viaja ela segue em linha reta certo?! Só que algumas observações perceberam que a luz emitida por uma estrela sofria desvios quando passava por perto de outra estrela. Ou seja, ela simplesmente acompanhava a deformação do espaço-tempo causada pela grande massa dessa última estrela.

Mas vocÊs devem estar me perguntando: E daí?rsrsrs. Bom, imagine então uma deformação tão grande que pudesse criar uma passagem, um buraco no espaço tempo, como fosse um buraco de minhoca atravessando uma fruta.  Imagine agora que a boca do buraco fosse colocado perto de uma estrela com muita massa, de forma que perto dela o tempo passasse mais devagar.  Imaginou?

Se a outra extremidade fosse levada para outro lugar o tempo passaria mais rapidamente, os dois extremos do buraco de minhoca ficariam separados não só no espaço, mas também no tempo.

Olha só, seria mais ou menos assim:

Então, teoricamente seria possível viajar no tempo passando bom um desses túneis!!! Mas tem um probleminha, só teoricamente mesmo. Fiquei pensando, pensando e cheguei a conclusão que se a viagem no tempo é mais difícil do que a gente pensa. Se não fosse, com certeza alguém do futuro já teria vindo nos visitar…..rsrsrs.

Aí fiquei meio triste, pensando que não vou resolver meus problemas tão fácil assim!Ahhh se eu pudesse voltar no tempo não teria subido naquela mangueira! Mas quer saber, se eu não tivesse feito isso não teria quebrado o braço, não ficaria com vontade de voltar no tempo, não teria passado o resto do feriado com todo mundo reunido no sítio, não teria pesquisado e aprendido tanta coisa sobre a Madame Curie, sobre o Einstein, sobre o Hawking.

Quer saber, acho que eu sou uma viajante do tempo. É, isso mesmo! Agora eu entendi tudo. Eu já sou uma viajante do tempo e qualquer um pode ser, é só imaginar! Foi assim que fui pra Grécia Antiga, conhecia o Darwin, o Mendel, o Lavoisier! Foi imaginando o futuro exatamente como fazia o Júlio Verne e fazendo perguntas como o Kepler que consegui viajar no tempo, como se eu voasse como o Santos Dumont ou quisesse descobrir como os protozoários se comportam dentro do corpo como o Carlos Chagas!

Bom, mas agora estou é preocupada é com o futuro, afinal descobri que minha mãe está grávida! Imaginando, imaginando eu já sei que vai ser menina e nome dela vai ser uma homenagem ao Newton, vai ser Hannah, como a avó dele :))

Que venha o futuro, que venha a Hannah!

Bem gente, essa história termina por aqui, mas tenho certeza que outras tantas virão, como me disse a Clarice. Nas próximas ainda terão novos personagens, novas aventuras e novas perguntas! Eu sempre falo que minha vida daria uma novela mesmo, então que tal imaginar essa novela comigo é só clicar aqui.

Bem, vou indo que o Marquinho está me esperando. Até logo gente, BJKAS :)))

Nada se perde…

19 abr

Oi pessoal.

Bom, como vocês viram no meu último post, eu fiquei pirando com essa história do Lavoisier e da Lei da conservação das massas. Bom, essa lei diz o seguinte:

Em um  sistema fechado, quando duas ou mais substancias reagem entre si, a massa total dos produtos é igual a soma das massas das substâncias reagentes. Quando ocorrem essas reações, não há criação nem perda de massa. O que acontece é que as substâncias reagentes são transformadas em outras substâncias. Falando de outra forma: “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se tranforma”….:)
Eu fiquei pensando, pensando e descobri que é exatamente isso que fazemos na reciclagem. A gente pega uma coisa que já usou, como uma latinha, por exemplo, e tranforma ela em uma latinha exatamente igual, ou quem sabe em outra coisa, como alguns parafusos. Tem também as garrafas PET que são transformadas em vassouras e até em camisetas! Olha só que site bacana que eu achei:
Bom, mais essa é fácil de entender né?!?! Fica mais legal quando a gente pensa nas transformações que ocorrem com o material orgânico. Vou explicar melhor! Quando a gente trata direitinho os restos de comida, por exemplo, fazendo a compostagem desse material, o que acontece é que vários organismos vão se alimentar desses restos de alimentos TRANSFORMANDO todo esse material e disponibilizando novamente seus  nutrientes para serem reutilizados por outros organismos.
Reciclando e compostando o lixo que a gente produz, ele deixa de ser um problema tão sério para o ambiente. Pense comigo, se a gente faz esse tipo de coisa, não manda tanto lixo para os aterros sanitários e eles podem ser utilizados por muito mais tempo. Além disso, adotando essas práticas a gente ajuda em muito a diminuir a poluição.
Até achei um vídeo legal que ensina fazer uma composteira em casa:
Conversando sobre isso com a minha mãe, ela disse que não basta só reciclar. A gente precisa adotar o princípio dos 3R’s.

Vou explicar cada um desses R’s. O primeiro, REDUZIR, diz respeito ao nosso consumo e é o mais importante de todos. A gente precisa consumir menos pois vivemos em um planeta cheio de recursos finitos, ou seja, acabou já era….rs. Também temos muitos recurso renováveis, só que eles precisam de um certo tempo para se regenerarem. Quando a gente consome muito, compra muito, gasta muito, não dá tempo dos ciclos naturais se completarem e eles acabam se exaurindo.

O segundo R é de REUTILIZAR. Você já pensou quanta coisa a gente acaba jogando fora e depois de um tempinho sente falta? Ou ainda alguma coisa que a gente não usa mais pra fazer tal coisa, mas que poderia ser utilizada para fazer outra?Outro dia mesmo, minha tia Clau pegou várias caixas de madeira, daquelas de feira, pintou com uma cores muito massa e transformou tudo em uma estante de livros. Pensa comigo, pra fazer aquelas caixas cortaram algumas árvores e elas depois de pouco uso iriam para o lixo. Para fazer uma estante nova, tb precisariam cortar algumas árvores. Utilizando as caixas pra fazer a estante, minha tia evitou o desperdício daquele material e ainda evitou que mais algumas árvores fossem cortadas para fazer uma estante nova. Além disso, ela economizou uma grana…..hehehe.

Por último, tem o R da RECICLAGEM. Esse também é importante, pois tem muita coisa que a gente não consegue reduzir e nem reutilizar, então a gente manda ele para a reciclagem para que ele seja tranformado em outros produtos.

Eu fui dar uma pesquisada no tema e descobri que tem até mais R’s, só que a coisa vai complicando muito. Então vou entender melhor e depois conto pra vcs.

Ah, esqueci de contar, eu e minha mãe fizemos um presente bem bacana pro Marquinho reutilizando várias coisas que a gente tinha e não usava mais. Ficou lindo e, além disso, nós colaboramos com o meio ambiente tb. O Marquinho adorou. Bom, na verdade acho até que mais do que eu imaginava, mas isso é uma outra história. :)))

Tudo se transforma na cozinha

18 abr

 

Oi Gente, td bem? Olha só, hoje esse post é especial para o Marquinho, por uma razão bem simples: hoje é o aniversário dele :)))

Bom, eu confesso que tinha me esquecido e nem lembrei de guardar uma grana pra comprar um presente pra ele. Fui xavecar a minha mãe pra ver se ela descolava um troco,  mas não rolou….rsrs. Só que ela me deu uma super idéia, fazer um bolo de aniversário bem legal. Bem, a receita que usamos está nesse link:

Bolo de Marshmallow

Bom, eu descobri que pra fazer o Marshmallow a gente precisa fazer uma calda de açucar e depois bater bem as claras dos ovos até que elas fiquem parecendo neve! Então fiquei pensando, como é que o açucar vira calda e pq as claras ficam daquele jeito, parecendo neve?

Bom, minha mãe me disse que na cozinha tudo se tranforma! Então fiquei pensando, tudo se transform, tudo se tranforma…hum, lembrei! O Lavoisier foi quem disse que “Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.”

Bom, o Lavoisier é considerado o Pai da Química, mas ele era meio doido, fazia seus experimentos na cozinha da própria casa dele. Imagina só que barato, a cozinha vira um laboratório!

 Mas ele só parecia doidão….rs, na verdade era um baita de um cientista. Foi ele quem descobriu que o oxigênio era um elemento essencial no processo de combustão. Olha só as tralhas que ele usou pra demonstrar isso em um experimento:

Além disso, também foi ele quem descobriu que a àgua era uma substância composta, ao contrário do que se pensava naquela época. Essa descoberta ajudou esse grande químico a formular a “Lei da Conservação das Massas”, mas isso eu deixo pra comentar amanhã.

   Bom, vocês podem descobrir mais sobre a química e o impacto das descobertas de Lavoisier assistindo a esse vídeo bem bacana que eu achei:

Agora vou indo gente, preciso terminar o bolo do Marquinho. Bjks e até!