Tag Archives: Química

Professor Sérgio Mascarenhas apoia o Viagens da Laura

24 abr

Veja por que o Prof. Sérgio Mascarenhas apoia a Laura

Oi pessoal, td bem?

Nossa, estou honrada! Olha só quem enviou uma mensagem de apoio ao meu blog, o grande Professor Sérgio Mascarenhas! Olhe só o que ele disse:

 “Esse blog Viagens de Laura  é espetacular! Exemplo de uso multimidia que deve ser premiado pois é um paradigma educacional e de cultura midiatica do séc. XXI ! Votem nele é o meu pedido!”

Prof. Sérgio Mascarenhas, Presidente Honorário da SBPC, Membro da Acad. Brasileira de Ciências

Legal né pessoal! Não esqueçam de votar todos os dias. Ahhh, peça para os seus amigos votarem tb. Para votar é só clicar no link abaixo:

Brigadinha gente!

Bjocas,

Lau

Anúncios

Bombons e ciência!

17 abr

O Marquinho chegou em casa ontem com uma caixa de bombons pra mim! Não é um fofo? Ele trouxe pra comemorar a indicação do blog pro The BOBs 😛

Mas sabe, esses bombons são daqueles que têm recheio líquido e eu fiquei pensando em como será que eles colocam o líquido no bombom? Será que eles injetam? Mas o bombom não tem nenhum furinho o.O

Daí resolvi perguntar pro meu professor de Química se ele sabia como fazia pra colocar líquido no bombom e ele me explicou!

Bom, o açúcar que a gente usa pra adoçar leite, bolo e é usado pra fazer o bombom é a sacarose. No recheio desses bombons eles usam uma sacarose que é chamada de açúcar invertido e junto com esse açúcar invertido vai uma enzima que chama INVERTASE.

O recheio não é líquido no começo do processo de fabricação do bombom, ele é durinho! A invertase que com o tempo vai deixar ele líquido, sabia?

Então na verdade eles colocam o recheio durinho na forminha e cobrem com o chocolate, aí com o tempo o recheio vai ficando líquido e parece que foi posto dentro do bombom por mágica 😉

Ai, a Ciência é incrível e deliciosa também! Hehehehe

Continua votando em mim! Quero ir pra Alemanha comer muitos bombons recheados!

Bjinhos!

LAU

Pulgões, joaninhas, formigas e quem mais chegar

13 abr

Oi gente, td bem?

Hoje vou contar um pouco do que aprendi com o meu pai no jardim de casa. Além disso, esse post é inspirado por um papo, via Twitter, que tive com minha amiga Isis, do blog Xis – Xis .

Bom, a história toda começou com ela me dizendo que estava super feliz, pois, tinha encontrado uma joaninha em sua varanda. E tem mesmo que ficar 🙂 Meu pai me disse que as Joaninhas são predadoras dos pulgões, como esse cara da foto aí de baixo:

Os pulgões — Afídeos, como meu pai me explicou — se alimentam da seiva das plantas, no entanto, eles só fazem mal para elas quando quando estão em grandes quantidades ou quando transmitem algum tipo de doença para elas. Mas aí que entram as joaninhas na história! Como elas se alimentam desses pulgões, não permitem que a população deles cresça muito e, portanto, que as plantas sejam prejudicadas. E aí entram em cena as formigas…..rsrs. Muitas delas se alimentam de uma substância açucarada produzida pelos pulgões, portanto, quanto mais pulgões existirem no jardim, melhor pra elas!!! Então elas começam a proteger os pulgões, como se fossem pastores cuidando de suas ovelhas.

Olha só que bacana essa imagem de uma formiga coletando a secreção:

Bom, se os pulgões são as ovelhas e as formigas são os pastores, a joaninha vira o lobo dessa história e, portanto, acaba se transformando na inimiga nº 1 das formigas! Quando uma joaninha chega na área, as formigas partem para o ataque em defesa do seu rebanho.

Já seria legal se acabasse por aqui, né? Aaaaaahhhhh, mas ainda tem mais! Outros insetos, chamados parasitóides, também participam da farra. A gente chama de parasitóide organismos que parasitam outros seres e que — ao contrário dos parasitas –, obrigatoriamente, levam seus hospedeiros à morte. Entre os insetos, os Hymenópteros são o grupo nº 1 quando se fala nesse tipo de relação ecológica. Nesse grupo tem destaque a família chamada Ichneumonidae, que são pequeninas vespas, como essa da foto:

Bom, mas você deve estar se perguntando como elas atacam os pulgões, né? É simples, elas depositam seus ovos no interior do corpo deles, então os ovinhos dão origem a larvas que vão comendo os pulgões por dentro!!!! Uooooowww! Legal né, mas tem muito mais coisa nesse mundo dos parasitóides.

Algumas dessas larvas, por exemplo, conseguem modificar o comportamento do hospedeiro em seu próprio benefício. Achei um vídeo bem bacana que mostra como isso ocorre com uma espécie de parasitóide de aranhas:

Demais né? Bom, acho que todos vocês já tiveram aulas de cadeias e teias alimentares, né? Olha essa que bacana que é:

Eu sempre ficava imaginando essas teias, pensando como seria descrever todos os animais e as relações que estavam envolvidas, até que me deparei com uma delas no jardim de casa 🙂 Formada por formigas, joaninhas, plantas, pulgões, parasitóides e um montão de outros organismos…

Bom, para que essa teia funcione direitinho é bom não mexer muito com ela!!!! Inseticidas e excesso de adubos químicos podem acabar com essas relações que, embora um pouco conflituosas, garantem a qualidade desse nosso pequeno ecossistema 🙂

Bom, acho que é isso gente! Espero os comentários.

BJOKS

LAU

Doutor Noguchi

3 abr

OI Gente, td bem com vcs?

Tá certo, andei muito sumida né? Mas juro que estava morrendo de saudades 🙂 ë que tá difícil, viu! Cheia de coisas pra estudar, treino de voley, Marquinho me enchendo e a linda da Hannah dando uma baita de um trabalho lá em casa…..rsrs. Sabe como é né, meus pais tinham perdido o jeito com crianças. Bem, mas eu fiquei tão, mas tão feliz com a indicação do Blog ao prêmio The BOBs que não resisti. Vou voltar a atualizar o blog com mais frequência!!!!!! E como eu tinha prometido, hoje o tema é uma indicação da Yuki e de suas amigas, diretamente de Tóquio!!!!! Chique né?

Então elas me pediram para contar a história do Dr. Hideyo Noguchi, esse da foto aí de cima. Bom fui pesquisar e descobri que o Dr. Noguchi nasceu em uma fazenda próxima a  Fukushima. Teve uma infância difícil depois que sofreu um acidente que deixou seu corpo todo queimado. Talvez por isso, ele resolveu estudar medicina.

Já formado, ele se mudou para os Estados Unidos e começou a se dedicar ao desenvolvimento de vacinas…bom, vocês sabem sobre as vacinas não é, já falei sobre isso nesses posts:

Dia de sorvete

A Revolta da Vacina

Dr. Chagas

Dengue e Vacinas

Bem, Dr. Noguchi começou a se dedicar também ao estudo de algumas doenças, exatamente como o Oswaldo Cruz e o Carlos Chagas aqui no Brasil. Epidemiologia, microbiologia, imunologia, infectologia…até física era interessante para ele. Nesses seus estudos, ele descobriu o patógeno causador de uma doença muito grave, sexualmente transmissível, a famosa sífilis. Bem, a sífilis é causada pelo Treponema pallidum, uma bactéria espiroqueta! Cada nome doido né…rs. Bem, mas voltando…Dr. Noguchi também descobriu que ela tinha outros estágio,s além daquele que ataca a região genital. O estágio mais grave é aquele que ataca o sistema nervoso dos infectados. Bem, ainda vou escrever um post sobre DSTs, mas vamos voltar ao Noguchi, ele era tão respeitado que até deram o nome dele a um outro tipo de bactéria, a Leptospira noguchi, um dos tipos causadores da Leptospirose. No Jaão, ele empresta sua foto para as notas de 100 ienes, olha só:

Bom, ele também dedicava boa parte do seu tempo nas pesquisas com soros antiofídicos, mais uma coisa em comum com o Dr. Oswaldo e o Dr. Chagas. Mas a maior coincidência — para seu azar — entre ele e os médicos brasileiros, era a dedicação ao estudo da Febre Amarela. Em uma de suas viagens para pesquisar a doença, ele acabou infectado e morreu! Triste né? Bem , mas pelo menos ele deixou um baita de um legado científico e ajudou a salvar um montão de vidas 🙂

Achei um site bacana em sua homenagem, olha só:

Dr. Noguchi 

Além disso, tem essa homenagem simpática do Google:

Ufa, tô quase lá….rsrs. Tb achei um vídeo super maluco de um robô que foi criado pelos japoneses e que tem a cara do Dr. Noguchi. ë super real gente. Qualquer dia essas invenções malucas acabam chegando na casa da gente.

Bom, é isso gente. Aqui está o post sugerido pela minha querida Yuki. Se vcs quiserem tb podem sugerir alguns temas para o blog. Ahhh…e não esqueçam de votar no blog lá no The BOBs 🙂 Valeu!!!!!!!!!!!

BJKS

LAU

😉

Para ouvir :)

9 mar

Oi gente, td bem?

Eu percebi que recebo milhares de visitas no blog, mas pouca gente tem entrado para ouvir minhas aventura :(.

Bom, como eu adoro essas coisas de ciência, tenho uma hipótese que quero testar….hehehe. Acho que isso está acontecendo pois os links estão meio escondidinhos no blog, na aba “Escute aqui minhas aventuras”. Para testar a minha hipótese, vou postar todos eles aqui nesse post. Se o número de plays aumentar minha hipótese está certa! Eba…

Mai se isso não acontecer, é sinal de que minha hipótese está furada….hahaha e, pior, que vcs não gostam de mim 😦

Me ajudem a testar minha primeira hipótese!!!!!

Bjks,

Lau.

Episódios:

Episodio 1 – O Viajante do Tempo 16/03/2011

Episodio 2 – O Viajante do Tempo 17/03/2011

Episodio 3 – Cuidado com a maçã! Isaac Newton 18/03/2011

Episódio 4 – Cuidado com a maça! Isaac Newton 21/03/2011

Episódio 5 – Júlio Verne 22/03/2011

Episódio 6 – Júlio Verne 23/03/2011

Episódio 7 – Júlio Verne24/03/2011

Episódio 8 – Clarice Lispector 25/03/2011

Episódio 9 – Clarice Lispector 28/03/2011

Episódio 10 – Oswaldo Cruz 29/03/2011

Episódio 11 – Oswaldo Cruz 30/03/2011

Episódio 12 – Oswaldo Cruz 31/03/2011

Episódio 13 – Gregor Mendel 01/04/2011

Episódio 14 – Gregor Mendel 04/04/2011

Episódio 15 – Marie Curie 05/04/2011

Episódio 16 – Marie Curie 06/04/2011

Episódio 17 – Marie Curie 07/04/2011

Episódio 18 – Paradoxo de Zenão 08/04/2011

Episódio 19 – Paradoxo de Zenão 11/04/2011

Episódio 20 – Paradoxo de Zenão 12/04/2011

Episódio 21 – Darwin 13/04/2011

Episódio 22 – Darwin 14/04/2011

Episódio 23 – Darwin 15/04/2011

Episódio 24 – Lavoisier 18/04/2011

Episódio 25 – Lavoisier 19/04/2011

Episódio 26 – Santos Dumont 20/04/2011

Episódio 27 – Santos Dumont 21/04/2011

Episódio 28 – César Lattes 22/04/2011

Episódio 29 – César Lattes 25/04/2011

Episódio 30 – César Lattes 26/04/2011

Episódio 31 – Kepler 27/04/2011

Episódio 32 – Kepler 28/04/2011

Episódio 33 – Kepler 29/04/2011

Episódio 34 – Einstein 02/05/2011

Episódio 35 – Einstein 03/05/2011

Episódio 36 – Einstein 04/05/2011

Episódio 37 – Einstein 05/05/2011

Me ajudem!!!

13 fev

Oi pessoal, td bem com vcs?

Estou dando uma passada por aqui pra pedir que vcs indiquem o blog ao prêmio The BOBs da DW. Para indicar é só entrar na página do concurso, http://thebobs.com/portugues/,  e indicar o https://viagensdalaura.wordpress.com na categoria  Prêmio Tópico Especial Educação e Cultura.

Brigadinha viu gente!

BJK,

LAU

Memórias de um Carbono

16 nov

Oi pessoal, td bem com vcs? Espero que sim, afinal faz um tempão que não dou notícias por aqui e acabo não tendo notícias de vcs tb!!!!!

Bom, como vcs já devem imaginar, eu tô super enrolada na escola, treinando muito e sempre tentando dar um jeito nas encrencas do Marquinho. Resultado: Meu pouco tempo livre acaba sendo tomado pelos paparicos com a minha mãe e minha irmãzinha! Ela tá chegando gente, já tem seis meses 🙂 Então é um tal de escolher roupinhas, berço, decoração do quartinho…como eu quaaaase não gosto dessas coisas, já viu né?rs

Bom, mas o motivo do meu post de hj é contar sobre uma exposição muito bacana que uns pesquisadores da minha tia montaram. Ela conta a história de um átomo de carbono, desde seu urgimento há milhões de anos em uma estrela bem distante até ele chegar aqui na Terra! É o máximo gente, na exposição a gente viaja buscando esse átomo na sua viagem pelo Universo. Bom, não vou contar muita coisa pq a exposição tem um blog bem bacana que conta um montão de coisas sobre o carbono, entra lá pra conhecer:

Memórias de um Carbono

Bom, além disso, tem um vídeo bem bacana que fala um pouco sobre essa viagem:

É isso aí pessoal, espero que tenham gostado. Prometo que vou atualizar mais o blog tá!!!! Espero os comentários de vcs.

Bjks,

Lau

Nada se perde…

19 abr

Oi pessoal.

Bom, como vocês viram no meu último post, eu fiquei pirando com essa história do Lavoisier e da Lei da conservação das massas. Bom, essa lei diz o seguinte:

Em um  sistema fechado, quando duas ou mais substancias reagem entre si, a massa total dos produtos é igual a soma das massas das substâncias reagentes. Quando ocorrem essas reações, não há criação nem perda de massa. O que acontece é que as substâncias reagentes são transformadas em outras substâncias. Falando de outra forma: “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se tranforma”….:)
Eu fiquei pensando, pensando e descobri que é exatamente isso que fazemos na reciclagem. A gente pega uma coisa que já usou, como uma latinha, por exemplo, e tranforma ela em uma latinha exatamente igual, ou quem sabe em outra coisa, como alguns parafusos. Tem também as garrafas PET que são transformadas em vassouras e até em camisetas! Olha só que site bacana que eu achei:
Bom, mais essa é fácil de entender né?!?! Fica mais legal quando a gente pensa nas transformações que ocorrem com o material orgânico. Vou explicar melhor! Quando a gente trata direitinho os restos de comida, por exemplo, fazendo a compostagem desse material, o que acontece é que vários organismos vão se alimentar desses restos de alimentos TRANSFORMANDO todo esse material e disponibilizando novamente seus  nutrientes para serem reutilizados por outros organismos.
Reciclando e compostando o lixo que a gente produz, ele deixa de ser um problema tão sério para o ambiente. Pense comigo, se a gente faz esse tipo de coisa, não manda tanto lixo para os aterros sanitários e eles podem ser utilizados por muito mais tempo. Além disso, adotando essas práticas a gente ajuda em muito a diminuir a poluição.
Até achei um vídeo legal que ensina fazer uma composteira em casa:
Conversando sobre isso com a minha mãe, ela disse que não basta só reciclar. A gente precisa adotar o princípio dos 3R’s.

Vou explicar cada um desses R’s. O primeiro, REDUZIR, diz respeito ao nosso consumo e é o mais importante de todos. A gente precisa consumir menos pois vivemos em um planeta cheio de recursos finitos, ou seja, acabou já era….rs. Também temos muitos recurso renováveis, só que eles precisam de um certo tempo para se regenerarem. Quando a gente consome muito, compra muito, gasta muito, não dá tempo dos ciclos naturais se completarem e eles acabam se exaurindo.

O segundo R é de REUTILIZAR. Você já pensou quanta coisa a gente acaba jogando fora e depois de um tempinho sente falta? Ou ainda alguma coisa que a gente não usa mais pra fazer tal coisa, mas que poderia ser utilizada para fazer outra?Outro dia mesmo, minha tia Clau pegou várias caixas de madeira, daquelas de feira, pintou com uma cores muito massa e transformou tudo em uma estante de livros. Pensa comigo, pra fazer aquelas caixas cortaram algumas árvores e elas depois de pouco uso iriam para o lixo. Para fazer uma estante nova, tb precisariam cortar algumas árvores. Utilizando as caixas pra fazer a estante, minha tia evitou o desperdício daquele material e ainda evitou que mais algumas árvores fossem cortadas para fazer uma estante nova. Além disso, ela economizou uma grana…..hehehe.

Por último, tem o R da RECICLAGEM. Esse também é importante, pois tem muita coisa que a gente não consegue reduzir e nem reutilizar, então a gente manda ele para a reciclagem para que ele seja tranformado em outros produtos.

Eu fui dar uma pesquisada no tema e descobri que tem até mais R’s, só que a coisa vai complicando muito. Então vou entender melhor e depois conto pra vcs.

Ah, esqueci de contar, eu e minha mãe fizemos um presente bem bacana pro Marquinho reutilizando várias coisas que a gente tinha e não usava mais. Ficou lindo e, além disso, nós colaboramos com o meio ambiente tb. O Marquinho adorou. Bom, na verdade acho até que mais do que eu imaginava, mas isso é uma outra história. :)))

Madame Curie

7 abr

Oi gente, td bem? Como eu tinha prometido, hj o post é sobre a MARAVILHOSA Madame Curie. Preciso confessar uma coisa, quebrar o meu lindo bracinho teve uma coisinha positiva: Conhecer essa grande cientista!

Bom, a Marie Curie , como a minha tia me disse, além de ser uma cientista brilhante, foi uma mulher pioneira ao desafiar muita gente que acreditava que ciência era coisa de homem. Como a Clau diz, ela foi uma baita de uma feminista! Madame Curie, como era chamada, dedicou-se a estudar a radioatividade e os materiais radioativos. Isso lhe rendeu 2 Prêmios Nobel, um de Física, junto com o seu marido Pierre Curie e com o Henri Becquerel pela descoberta da radioatividade e outro de Química, algum tempo depois, pela descoberta dos elementos químicos Rádio e Polônio, este, aliás, batizado em homenagem à terra natal de Madame Curie, a Polônia.



Além desses prêmios, ela também foi a primeira mulher a liderar um grupo de pesquisa e a lecionar na Universidade de Sorbonne, em Paris. Durante a Primeira Guerra Mundial ela não perdeu tempo! Convenceu os franceses a construírem pequenas unidades de radiologia portáteis que pudessem ser carregadas em ambulâncias ajudando os médicos nos campos de batalha. Dizem até que ela ia para o front ajudar nas radiografias!

Ah, essas ambulâncias foram apelidadas “Petit Curies” em homenagem à ela. Olha só, achei até uma foto dela pilotando uma dessas geringonças:

A Madame Curie foi ao longo de suas pesquisas percebendo que a radiação poderia ser útil no tratamento de doenças como o Câncer e, até incentivou a sua filha Irene — que também ganhou um Prêmio Nobel — a pesquisar mais  sobre esse assunto. E é aí que tive uma surpresa! Pesquisando sobre isso descobri que Mãe e filha visitaram o Brasil em 1926 para conhecer o Instituto do Câncer de Belo Horizonte. Dá só uma olhada:

A histórica visita de Marie Curie ao Instituto do Câncer de Belo Horizonte

Gente, mas ainda não acabou! Em 1928 ela visitou Águas de Lindóia para estudar as pópriedades da água das famosas fontes daquela cidade. Descobriu que elas possuiam uma radioatividade elevada e boa para o organismo. Curioso né? Bom, mas vocês ainda não sabem o que vem pela frente….hehehe.

Eu sempre falo que esse negócio de ciência é cheio de coincidências e conexões fantásticas, mas essa é demais. Com  base na descrição química da água de Lindóia que a Madame Curie fez, a NASA escolheu essa água para ser utilizada na missão Apollo 11, aquela que levou o homem pra Lua pela primeira vez! Isso mesmo, a água foi escolhida porque tinha radioatividade elevada, era diurética e além disso tinha pouca acidez e era de rápida absorção pelo organismo. Ahhh, além de servir para o consumo dos astronautas, essa água também foi usada nas baterias do foguete Saturno 5 que levou a missão aos céus!  

Bom, vocês não devem estar acreditando nessa história maluca né? Afinal, acho que nem o Júlio Verne poderia prever isso…hehehe. Mas pra provar que é verdade, consegui uma cópia da notal fiscal de venda das garrafinhas de água pra NASA:

Viram só! Nem minha tia Clau vai acreditar quando ver isso….rsrs. Bom, mas voltando à Madame Curie, ela acabou descobrindo tarde demais que a radiação não tinha só aspectos benéficos. Depois de anos de exposição à radiação, ela ficou gravemente doente e morreu de Leucemia.

Bom gente, achei aqui uma série de vídeos sobre a família Curie! Vale a pena ver:

 


Bom gente, por hoje é só! Espero os comentários e se alguém souber mais alguma coisa da Madame Curie, por favor compartilhe comigo :)))

Bjks e até…